LUVA PROCEDIMENTO LEMGRUBER

Ref.:
01779P
Marca:

Por: R$ 26,00

Preço a vista: R$ 26,00

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 26,00
Outras formas de pagamento
-+
Comprar
Descrição
Especificações técinicas
Recomendada para profissionais da saúde e demais situações de risco de transmissão de micro-organismos ou contaminação. Oferece excelente sensibilidade, conforto e são altamente resistentes.
Sua qualidade PREMIUM é atestada por líderes da área médica e odontológica em todo o mundo.

Apresentação na Caixa com 100 unidades

Comprimento de 240mm da ponta do dedo médio a bainha

Disponivel em tamanhos PP, P, M, G
Validade de 5 anos da data de fabricação

Marca: Lemgruber
A Lemgruber atua desde 1939 no segmento de Produtos para a Saúde, na fabricação de luvas cirúrgicas e de procedimentos estéreis e não-estéreis.



As luvas Lemgruber são produzidas no Brasil de acordo com as normas e padrões de qualidade, sendo certificadas pelo INMETRO e pela ANVISA. Normas: NBR ISO 11193:2009; Portarias 332 de 2012 e 451 de 2012 e ISO 13485 e ISO 9001 para Proced Não Estéril e Proced Powder Free pela DNV e a marcação CE da União Europeia.

O que são Luvas de Procedimentos? São luvas produzidas em látex natural ou sintético, estéreis ou não estéreis, utilizadas em procedimentos com pacientes, nos segmentos como: hospitais, consultórios, clínicas médicas e odontológicas, laboratórios, veterinária.

Recomendação de uso É amplamente recomendado que os profissionais de saúde usem luvas por duas razões principais: para evitar que os microrganismos que estão colonizando a pele das mãos, ou estejam presentes transitoriamente nas mãos do profissional de saúde sejam transmitidos aos pacientes e de um paciente para outro; e para reduzir o risco dos próprios profissionais de saúde adquirirem infecções dos pacientes.

A eficácia do uso de luvas na prevenção de contaminação das mãos de profissionais de saúde e na redução da transmissão de patógenos tem sido confirmada em diversos estudos clínicos. As luvas de látex natural são as mais indicadas para uso em procedimentos de saúde, pois oferecem maior conforto, garantindo um melhor manuseio e proteção adequados. As luvas devem ser trocadas sempre que o profissional entrar em contato com outro paciente, ou com um mesmo paciente ao mudar de um sítio corporal contaminado para outro, limpo, ou quando estas estiverem danificadas. E devem ser descartadas após o uso, não devendo o mesmo par ser reutilizado ou lavado.